Antes da Ocorrência de um Sismo

Introdução | Antes da Ocorrência de um Sismo | Durante a Ocorrência de um Sismo | Depois da Ocorrência de um Sismo

Há imensas medidas que podem ser tomadas que podem minimizar um possível impacto de um sismo nas nossas vidas. Aqui vamos fazer um resumo com sugestões das principais medidas praticas a tomar.

Mas a reflexão sobre comportamentos é também muito importante. É no “antes” de um sismo que se deve refletir sobre o comportamento que se deve adotar em caso de sismo - de dia, de noite, na sua casa ou em casa de outras pessoas, no local de trabalho, na rua, nos transportes públicos, a conduzir uma viatura, numa grande superfície comercial ou numa sala de espetáculos.

Os planos que fizer ajudá-lo-ão a atuar calmamente em caso de tremor de terra. As medidas de prevenção devem ser efetuadas em tempo útil, isto é, agora, sob pena de não fazerem sentido se efetuadas tardiamente.

Assim, o que pode fazer já?

  • Informe-se sobre o que se sabe do nível de perigo sísmico que existe na região onde vive.
  • Assegure-se que existem planos de emergência adequados no seu local de trabalho e na escola dos seus filhos. Informe-se sobre ele e exija aos responsáveis a realização de exercícios de emergência.
  • Apoie programas de preparação para atuação em caso de tremor de terra. As escolas e as organizações cívicas podem fornecer um serviço altamente benéfico, neste aspeto.
  • Recorde-se que os estragos causados pelos sismos podem ser substancialmente reduzidos pondo em prática regras adequadas de construção sismo-resistente. A aplicação destas regras é a mais elementar medida de prevenção e não encarece, em regra, em mais que 10% do valor total do custo da obra. Afinal é a sua vida e a dos familiares que está em risco.
  • Estude, com a sua família, quais os locais de maior segurança em sua casa.
  • Ensine aos seus filhos o aspeto dos sinais relativos a situações de emergência.
  • Se vive num edifício de apartamentos ensine os seus familiares a localização das saídas de emergência e mostre como se liga o alarme de incêndios e como se desliga a luz e se fecham as condutas de gás e água. Se está em edifícios públicos faça por reparar nos sinais de emergência.
  • Sempre que possível contrate seguros contra sismos.
  • Prepare a sua casa contra diversos perigos durante os sismos, designadamente:
    • Fixe ou mude para outros locais os objetos e móveis que possam cair sobre lugares normalmente ocupados por pessoas. 
    • Verifique as fixações dos candeeiros e de todos os outros objetos pesados cuja estabilidade seja ameaçada por um abalo de terra e faça os ajustamentos necessários. Objetos e mobiliário volumosos e pesados devem estar o mais perto possível do chão. Uma solução interessante para móveis que possam cair é ligá-los com uma corda ou corrente forte a uma parede mas com alguma folga. 
    • Mantenha as zonas de passagem tão livres quanto possível. 
    • Tenha particular atenção com os objetos que ao cair possam causar um incêndio
    • Inspecione o seu edifício de residência e do local de trabalho a fim de verificar se elementos frágeis, como chaminés, telhas, cornijas, antenas, painéis solares ou fotovoltaicos, depósitos de água e outras estruturas semelhantes estão corretamente colocadas e, caso negativo, providencie ou informe o responsável para que sejam executadas as reparações necessárias. Não coloque vasos de flores soltos nos parapeitos das janelas: fixe-os convenientemente ou retire-os.
    • Mantenha as chaves perto das portas respetivas. 
    • Mantenha extintores operacionais relativamente perto de zonas onde haja risco de incêndio. 
    • Mantenha acessível uma provisão de água e alimentos para 3 dias em embalagens de longa duração e um conjunto de artigos de sobrevivência (ver sugestão de lista).
    • Adote novos comportamentos que facilitam a resposta a situações de emergência.
    • Mantenha acessível, junto ao telefone e no telemóvel, uma lista atualizada de contactos de emergência incluindo a polícia, bombeiros, hospital mais próximo, etc. 
    • Ensine os membros da sua família a desligar a eletricidade no quadro geral ou a fechar a água e o gás nas respetivas torneiras de segurança.
    • Mantenha sempre acessível e operacional uma lanterna de bolso, em especial perto da cama.
    • Como as chamadas locais são muito difíceis e desaconselhadas numa zona de catástrofe, arranje uma pessoa de contacto fora de região onde vive para que coordene toda a informação dos elementos da sua família caso se encontrem dispersos antes de evento e que estejam incontactáveis diretamente.
    • Reflita sobre este assunto: 
      • Promova de vez em quando, na sua casa, uma troca de impressões acerca dos sismos. Por exemplo, pode aproveitar as notícias sobre sismos para falar com naturalidade sobre este assunto.
      • Pense especialmente nas necessidades das crianças e das pessoas que necessitam de cuidados especiais.
      • Faça uma lista de artigos para situações de emergência. Pense no que vai precisar se, por exemplo, tiver com os acessos ao local onde vive bloqueados ou o que tem que levar rapidamente consigo caso haja ordem de evacuação da área onde vive.

Sugestões para uma lista de material de emergência a manter num local facilmente acessível:

  • Uma muda de roupa por pessoa e calçado confortável;
  • Rádio a pilhas; Água engarrafada (1 litro/pessoa/dia, no mínimo);
  • Alimentos para 3 dias (sem necessidade de frigorífico);
  • Comida enlatada, leite UHT, bolachas secas, frutos secos, sal, chá, café, açúcar, mel, etc;
  • Medicamentos de continuidade com receita médica e fotocópias de receitas médicas;
  • Estojo de primeiros socorros e medicamentos básicos;
  • Cobertores ou sacos-de-cama;
  • Vários conjuntos de pilhas de reserva;
  • Papel higiénico e artigos de higiene pessoal;
  • Mochila ou saco de transporte;
  • Velas e fósforos, pratos, copos e talheres descartáveis;
  • Chaves sobresselentes;
  • Panelas, abre-latas, sacos do lixo;
  • Documentos importantes, ou pelo menos, cópia destes;
  • Fogão portátil (tipo "camping-gas") em condições operacionais;
  • Pequenos jogos (baralhos de carta e similares);
  • Óculos de reserva, se aplicável;
  • Comida para cães, gatos, etc., se aplicável.

Nota 1: Substitua periodicamente os alimentos. Para as crianças e bebés e para indivíduos com necessidades especiais: alimentação adequada, fraldas e biberões, brinquedos, papel e lápis de colorir.
Nota 2: Cada pessoa da família deve poder levar consigo o essencial dentro de uma mochila de tamanho médio.