Centenário do nascimento do Prof. Pinto Peixoto

"Retrato do Prof. Pinto Peixoto", Revista Meteoro n.º6, Março 19872021-11-11 (IPMA)

Centenário do nascimento do Prof. Pinto Peixoto

A 9 de novembro de 2021 assinalou-se o centenário do nascimento de José Pinto Peixoto (1922 a 1996), geofísico, professor e cientista de reputação mundial nos domínios da Meteorologia e da Termodinâmica.

A sua carreira científica confunde-se com a história da meteorologia em Portugal. Formado em Matemática e em Geofísica, doutorado com 18 valores na área da circulação geral da atmosfera, Pinto Peixoto ajudou a fundar o Serviço Meteorológico Nacional (SMN), em 1946, foi responsável pela formação avançada dos seus meteorologistas e desempenhou vários cargos de relevo, entre eles, o de meteorologista-chefe.

A sua carreira internacional passou também pelos grandes centros de ciência, como o Massachussets Institute of Technology (MIT) - onde integrou a equipa de um dos fundadores da moderna meteorologia, Victor Starr, tendo estudado a circulação geral da atmosfera - e ainda nas universidades de Princeton e Yale. Foi considerado pelos seus pares americanos (Abraham Oort  e Barry Sltamen) como "o maior especialista mundial do ciclo hidrológico global".

Pinto Peixoto não só dedicou a sua vida a produzir novo conhecimento do tempo e do clima, mas também se preocupava em transferi-los aos seus alunos nos diversos locais de Norte a Sul do país e no estrangeiro, onde lecionou. Em memória, é recordado enquanto professor, como pondo "os fenómenos físicos acessíveis a todos. Desmistificava-os. Abordava os temas mais complicados como se fossem simples integrando-os na experiência da vida de todos os dias de tal maneira que aprender, com ele, não custava" (in Fátima Espírito Santos e Isabel Gomes "O Professor", Meteoro, n.º6, Março 87, p. 9).

É num justo reconhecimento que o IPMA (anterior IM) atribuiu o nome de "Centro de Documentação Prof. Pinto Peixoto", à sua biblioteca, local onde pode ser consultado algum do vasto espólio publicado por aquele que foi considerado um dos grandes cientistas de todos os tempos (Academia de Ciências).

 

Imagens associadas

  • Pormenor da capa "Retrato do Prof. Pinto Peixoto", Revista Meteoro n.º6, Março 1987

    Pormenor da capa "Retrato do Prof. Pinto Peixoto", Revista Meteoro n.º6, Março 1987

  • Revista Meteoro n.º6, Março 1987

    Revista Meteoro n.º6, Março 1987

  • Câmara Municipal de Lisboa, Comissão Municipal de Toponímia, Julho 1997

    Câmara Municipal de Lisboa, Comissão Municipal de Toponímia, Julho 1997