Monitorização da Seca - Índice PDSI - Antevisão

Resultados:

A evolução da situação de seca para o mês seguinte baseia-se na estimativa do índice PDSI, para cenários diferentes de ocorrência da quantidade de precipitação. Assim, tendo em conta a situação no final de setembro, consideram-se os seguintes cenários para a precipitação em outubro:

  • Cenário 1: Precipitação inferior à normal com valores que só são atingidos em 20% dos anos (Decil 2).
  • Cenário 2: Precipitação igual ao valor correspondente à probabilidade de ocorrência de 50% (Decil 5).
  • Cenário 3: Precipitação superior à normal com valores que só são atingidos em 20% dos anos (Decil 8).

 

 

Cenário 1 (2º decil):
Valores da quantidade de precipitação inferiores ao normal (valores inferiores ocorrem em 20% dos anos): todo o território estará em seca meteorológica com um aumento significativo da sua intensidade na região a sul do Tejo
Cenário 2 (5º decil):
Valores da quantidade de precipitação próximos do normal: situação idêntica a 30 de setembro, com ligeira diminuição da área em seca na região Sul.
Cenário 3 (8º decil):
Valores da quantidade de precipitação superiores ao normal (valores superiores ocorrem em 20% dos anos): termina a situação de seca em todo o território.

 

 

PDSI Cenário 1 PDSI Cenário 2 PDSI Cenário 3
Cenário 1 Cenário 2 Cenário 3
Figura - Distribuição espacial do Índice de Seca para os três cenários.

Antevisão

Tendo em conta a previsão para as próximas 3 semanas, com valores de precipitação sempre inferiores ao normal, será provável um aumento da área e da intensidade da situação de seca no final de outubro.

Monitorização da Seca

Índice PDSI