Noticias

Estado recursos explorados

Recursos Vivos

Estado do recurso (Sardinha)

Espécies comerciais

Sardinha – Sardina pilchardus

População

Desde 1978 que a biomassa (abundância medida em peso) do stock de sardinha variou entre 113 mil e 1.2 milhões de toneladas, tendo atingido o máximo em 1984 e o mínimo em 2015 (Fig. 1a). Nos últimos anos existe uma ligeira tendência crescente da biomassa do stock. As flutuações da abundância da sardinha refletem variações no recrutamento, isto é, na quantidade de sardinhas jovens que é acrescentada ao stock anualmente, e nos níveis de pesca. O recrutamento da sardinha é muito variável, mostrando anos bons com alguma regularidade. Desde 2006 que não se registavam anos de bom recrutamento (Fig. 1b) mas em 2019 houve um aumento significativo do recrutamento. O nível de pesca mostra várias oscilações com períodos de maior intensidade que parecem estar associados a bons anos de recrutamento (Fig. 1c). Desde 2011 que a mortalidade de pesca tem vindo a diminuir.

As capturas anuais de Portugal e Espanha variaram entre 14 e 217 mil toneladas, tendo atingido o máximo em 1981 e o mínimo em 2019 (Fig. 2). A taxa de exploração da sardinha flutuou em torno de 31% (Fig. 1c).


sardinha-fig1aFigura 2 – Série histórica dos desembarques totais (Portugal e Espanha) do stock Ibero-Atlântico de sardinha desde 1978.

sardinha-fig1aFigura 1a – Estimativas de abundância da sardinha desde 1978.
sardinha-pop-fig1bFigura 1b – Estimativas do recrutamento da sardinha desde 1978.

sardinha-pop-fig1cFigura 1c – Estimativas da taxa de exploração da sardinha desde 1978.